Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2011

Capítulo 0

Estava a pensar na reviravolta que a sua vida deu nos últimos três anos, agora que se encontrava na sua casa, sentada no sofá da sala de estar com a televisão desligada, não tinha sono mas também não lhe apetecia ver nada que pudesse estar a ser transmitido. O resto da família estava já a dormir, por isso tentou fazer o mínimo de barulho quando foi à cozinha buscar uma caneca de leite, antes de se voltar a sentar no sofá e mergulhar nas suas memórias…

You think that you know me

But honestly, you don't know nothing at all...

Se tivesses querido olhar um pouco mais de perto, terias descoberto como estavas enganado. Ninguém sabe tudo sobre tudo, é desnecessário teres essa mania. Talvez um dia te agradeça por não teres entrado mais na minha vida, pois sei que não sou eu que me vou arrepender. Não fui eu que brinquei com os sentimentos de alguém, acreditando, ou não, neles. Da próxima vez, cresce primeiro...

Um novo objectivo

Tirar, no mínimo, 18 a tudo este semestre! E ai de mim que não consiga! Vou deixar de me contentar apenas com migalhas, se dantes conseguia, agora também consigo!

tenho um problema...

eu quando gosto de alguém, gosto mesmo e durante anos... mesmo que a pessoa me tenha feito mal e eu tenha noção disso! por vezes é irritante!

WRONG! Still WRONG!

P.: *laughing like a lunatic*
me: oh you are laughing in my face, isn't that cute? BUT IT'S WROOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOONGGGG!

Talvez

Prende-me nos teus braços
Acolhe-me no teu espaço
Sigo os teus passos
Nem sei porque o faço

Talvez te ame
Nem sequer sei dizê-lo
Talvez me sinta grata
Pela tua falta de zelo

Desculpa-me o embaraço
Queria apenas fortalecer os laços
Se sei que te amo, disfarço
Querer-te ter em meu regaço

20/12/2010 - Joana Silva

DISGUSTING

Juro que nunca mais passo por aquele sítio nos próximos meses! Pelo menos até as chuvas de inverno virem com força e apagarem quaisquer evidências daquilo que vi hoje de madrugada (6h25) quando me dirigia para a estação dos comboios! Em plena estrada principal?? Por amor da santa, fazia aquilo em casa não é, não sei, digo eu!!! Fiquei com medo, quase entrei em pânico, comecei a andar tão depressa que até cheguei a tempo para apanhar o comboio das 6h40 em vez de apanhar o das 6h50! Toda eu tremia, ia a descer as escadas da estação e sentia as pernas a quererem dar de si, de tanto que tremiam!
Porquê comigo? Porquê? F%d@ss€!!! Que nojo!! Nem tenho coragem de especificar a cena, só sei que à volta para cá até passei por dentro, pela polícia, só para não passar naquele sítio!

Há tanto tempo!!

Há tanto tempo que não me divertia a sério, realmente a sério, sem preocupações nenhumas e apenas com uma vontade enorme de dançar até não poder mais! Foi provavelmente a melhor noite que passei no Metropolis até hoje... não pelo ambiente em si, não pelas pessoas, pois sempre fui com pessoas de quem gosto muito, mas por mim, porque desta vez consegui libertar-me de qualquer tipo de tristeza ou frustração. Consegui concentrar-me apenas em mim, no meu bem-estar e em passar um bom momento. Talvez tenha sido por isso que a bebida não me afectou de maneira nenhuma, fiquei apenas momentaneamente mais alegre que o normal. Penso que é exactamente por isso que chamam às bebidas, "espirituosas", fazem efeito conforme o que estamos a sentir no momento: se estamos tristes fazem-nos chorar e/ou ficar mal-dispostos, se estivermos contentes deixam-nos ainda mais contentes!
Bom parece-me que não vou andar mais mal-disposta quando sair à noite!

coisas que saem em segundos

Maybe I should talk to you
Pretend that shit was all cool
and what you said didn't hurt me boo
But why would I lie?
If those words cut me like a knife
Penetrated my heart like a sword
And I almost dropped dead
I know I made some mistakes
I know he is your friend
Well I guess he is mine too
It doesn't mean that I didn't love you
It was all true
I'm sorry if I was down
And he helped me out
While you were wasting your time kicking me,
Keeping me 8feet underground

autora: Juh.S.

Dou-me melhor com o sexo oposto, e então??

Quando entrei para a pré-primária do Externato Sol Nascente*, tinha eu 3 anos, as primeiras pessoas com quem comecei a falar foram dois rapazes... o Tiago F. e o Zé M.. Lembro-me que costumávamos fingir adormecer na hora da sesta e quando víamos que a senhora (cujo nome não me consigo lembrar, que cena), que tomava conta de nós nessa hora, tinha adormecido, levantávamo-nos os três e ficávamos a brincar, tentando fazer pouco barulho. Claro que mais tarde, a partir da primeira classe, comecei a ter grandes amigas, no entanto atrevo-me a dizer que desde sempre me dei melhor com rapazes.
Tinha um amigo, que era o meu melhor amigo, mesmo depois de termos saído do externato, chamava-se Bruno J. Ele era super querido comigo, tratava-me por Joaninha sempre que me via e como morava na rua aqui em frente encontrávamo-nos várias vezes.

Na E.B. 2/3 Pedro Eanes Lobato* as coisas foram um pouco diferentes, até porque naquelas idades rapazes e raparigas "odeiam-se" lol. No 5º ano andava co…

Rendi-me

Ao google+, não era suposto fazer parte de mais nenhuma rede social (sim eu estou em todo o lado, estou pior que os artistas) mas vinha aqui ao blogue e quando abri o google apareceu-me automaticamente o convite para aderir ao google+, não resisti. O chato é que ficou com o mail deste blogue, que não era suposto, mas pronto agora já está! lol

Porra!

Para este vento gelado, quase me faz chocar uma, logo agora que tudo o que menos preciso é ficar doente... era o cúmulo! Acordar às 4h da matina com um vendaval desgraçado e ter de ir fechar todas as portas e janelas não é nada agradável, está bem que eu pedi para o inverno começar a chegar... começar, e não vir com a força toda! Eu acho que se estivesse na rua teria ido com o vento!

O meu Hino

Throw dirt on me and grow a wildflower
But it's "fuck the world", get a child out her
Yeah, my life a bitch, but you know nothing bout her
Been to hell and back, I can show you vouchers
I'm rolling Sweets, I'm smoking sour
Married to the game but she broke her vows
That's why my bars are full of broken bottles
And my night stands are full of open Bibles
I think about more than I forget
But I don't go around fire expecting not to sweat
And these niggaz know I lay them down, make their bed
Bitches try to kick me while I'm down: I'll break your leg
Money outweighing problems on the triple beam
I'm sticking to the script, you Niggaz skipping scenes
Be good or be good at it
Fucking right I've got my gun, semi-Cartermatic
Yeah, put a dick in their mouth, so I guess it's "fuck what they say"
I'm high as a bitch: up, up and away
Man, I come down in a couple of days
OK, you want me up in the cage, then I'll come out in beast mode
I got this world…

A melhor vingança...

É aquela que se serve fria, sem dó nem piedade... a minha vai ser, tentar ser muito mais bem sucedida, vai ser pegar em todo o "amor" que sentia e concentrá-lo em mim, apenas em mim... chamei-me egoísta se quiserem, pois é isso que eu vou ser a partir de agora. No love lost. No love found!

O que realmente importa

Espero que isto sirva de inspiração... irei tentar...
O amor é importante, a paixão é importante, deixa-nos com borboletas no estômago, faz-nos corar ao receber sms, faz-nos rir disparatadamente... a mim fez-me ver a vida com outros olhos, fez-me querer mudar, fez-me querer parar com maluquices, queria que fosse a sério... mas e quando isso tudo acaba abruptamente?
Perdi tudo isto de um momento para o outro, perdi a vontade de mudar, apesar de também o estar a fazer por mim, mas não perdi a vontade de viver, porque apesar de tudo tenho amigos, olho à volta e sei que estão lá, mesmo não estando ao virar da esquina!
Perdi a vontade de lutar por quem achava que merecia o meu esforço, o que fiz? nada quanto a isso, ao invés, deixei o meu orgulho para trás e recuperei uma amizade que quase se ia perdendo por desavenças que, analisando bem, não são nada comparadas aos bons momentos. Hoje, apesar de tudo, dormi bem, com a consciência tranquila, leve, com um novo fôlego... às vezes uma simple…

a boa acção da noite

já fiz a minha hoje, e não foi fácil, porque pedir desculpas não é fácil! eu sou um bocado (grande) brutinha a falar quando me irrito ou quando estou chateada e acabo por dizer coisas exageradas que na realidade não sinto, depois vejo-me obrigada a pedir desculpas e é complicado, primeiro que consiga... ui!
E acho que desta vez foi um pouco mais fácil porque tenho um grande carinho pela pessoa em questão, se não fosse isso acho que ia passar o resto da vida sem tocar no assunto lolol

Mais vale ter duas chapadas para dar do que uma para levar!

Não estou chateada, porque prefiro não estar... as atitudes ficam com quem as toma, um dia vai-se arrepender porque vai perceber que eu não fiquei chateada, não fiz dramas, não o insultei, não deixei de lhe falar, não passei a ser mal educada; aí vai pensar... vai-lhe pesar na consciência, pois vai-se dar conta que eu quando me digo amiga das pessoas, sou mesmo. Remorsos, muitos remorsos o vão atormentar. Nunca pedirá desculpa, sei que não... mas só o facto de eu sair por cima no fim de tudo, chega-me!

E se...

eu mudasse de caminho? em vez de estar sempre a ir para a rua da esquerda fosse para a rua da direita?
não me importava de experimentar, talvez lá encontrasse o tal amor de quem tanta gente fala, muita dela sem saber exactamente o que é!
acho que vou pensar seriamente no assunto!

Mentalidades Raquíticas

Abaixo àqueles que acham que quem ouve hip-hop não é culto, não merece respeito, não é inteligente, nunca chegará lá!
Abaixo àqueles que acham que hip-hop apenas significa gajas nuas e grandes carros...
Várias das músicas mais inspiradoras que já ouvi vieram do Eminem... isto para não citar uma data de outros nomes (como boss ac por exemplo)!
Hip-Hop também é cultura, quem acha que não é porque tem uma mentalidade tão fechada como aqueles que apontam o dedo aos homossexuais, ou como os que dizem que ser gótico é ser maluco, etc... não me quero perder em exemplos!
Não sou menos culta só porque perco tempo a descortinar significados de músicas de hip-hop, provavelmente, graças a isso, sou muito mais culta que tu! Sim já fui dread, peço desculpa se andei na escola pública em que 60% dos alunos eram negros, não me fez ser pior aluna, portanto não me arrependo, aprendi mais no país real do que certas pessoas no país das maravilhas! Não perco tempo com presunções, sei quem sou, sei os meus…

Algo a dizer...

Qual serpente, cuspindo o veneno do seu complexo de superioridade, viajando por caminhos vertiginosos, algum dia há-de cair.
Os génios, em regra geral, são sempre aqueles de quem toda a gente duvida. Os que se acham demasiado inteligentes acabam sempre por se mostrar ignorantes em uma ou outra ocasião, ou em várias.

Só espero que não seja tarde...

apercebi-me de que preciso de alguém que me apoie, e não de alguém que esteja constantemente a pôr em causa tudo o que digo e que duvide de mim como se eu fosse alguma espécie de mentirosa compulsiva ou, pior, alguma desgraçadinha sem cultura nenhuma e sem inteligência...

começo seriamente a ficar farta de pessoas que falam como se só elas é que sabem, só elas é que têm razão, só elas é que são inteligentes... e depois estão sempre a duvidar do que o que os outros dizem!

Que coisa estranha...

Serei a única pessoa que num dia de ressaca lhe apetece sempre comer muito e sempre coisas com maionese ou então queijo derretido... por exemplo tostas mistas, ou de atum, ou de delicias do mar, ou então pizzas e coisas do género... acho que só não vou ao Lidl comprar lasanha porque o Lidl deve estar praticamente vazio para além de dever estar um caos!!!

Avante!

ainda bem que ainda não se ouve música, assim a minha tortura não é tão grande! nota-se bem a crise, a rua aqui de baixo não está cheia de carros como nos outros anos! também a aumentarem o bilhete 0,50 cent. todos os anos é normal, por este andar daqui a uns anos está mais caro que o do Rock in Rio!! Nessa altura é que isto vai estar deserto com certeza!

(já estagnavam o preço do bilhete, já já, é que nós que vamos ao avante há anos sabemos que os que lá trabalham não recebem, portanto não podem dar a desculpa de terem de pagar a quem monta a festa ahahahah)