Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

indecisão: para que te quero!?

Vou ser sincera: não me apetece passar a noite em Lx! Com pessoas que mal conheço, com pessoas que já quase mal conheço, com uma pessoa que conheço, na casa de alguém que não me quer mal mas também não me quer bem! Será bom entrar em 2012 assim??
Ou seria preferível entrar em 2012 com quem eu sei que me quer totalmente bem?
Já para não falar que continuo sem saber como é que vai ser, se de facto é para ficar lá de um dia para o outro ou não, enfim... já tiveram mais jeito para organizar festas, disso tenho a certeza!

Engonhar é o seu forte

Ai que a minha paciência esgota-se! Não sou boa para aturar pessoas "engonhadas" que não sabem o que fazer, não pensam por elas próprias, avisam as pessoas à última da hora... isto quando avisam! Pode ser que um dia se arrependam!

Capítulo 6 - As Memórias de Clarice

Não conseguia dormir de maneira nenhuma nessa noite pois a imagem do João e daquele beijo não me saía da cabeça. Só pensava no que teria passado pela cabeça do miúdo para fazer tal coisa sabendo perfeitamente que isso me podia prejudicar enquanto docente daquela escola. Acabei por adormecer devido ao cansaço do cérebro.
Acordei suada, olhei para o lado e o João ali estava, deitado a meu lado a dormir. Vi que não tinha roupa alguma no corpo e fiquei sobressaltada; olhei para mim e também eu estava despida. Só pensava no que teria acontecido, não me conseguia lembrar sequer de como tínhamos ido ali parar; o João mexeu-se, abriu os olhos e disse:
- Sempre quis que isto acontecesse.
De repente senti uma sacudidela, como se alguém me estivesse a abanar com força. As imagens tornaram-se desfocadas e eu abri os olhos. O Fernando estava à minha frente:
- Estava difícil de te acordar. Estou aqui há quase 10 minutos a abanar-te.
Fiquei aliviada por ter sido apenas um sonho, mas ao mesmo tempo s…

Poker Face Moment (-.-)

Aquele momento em que vou para falar e de repente aparece montes de gente à nossa volta!!!!

Pensamentos Ocasionais VII

Sorri por fora, para que não vejam como estás destruída por dentro; Finge não haver ninguém realmente importante, quando na realidade é apenas ele que te ocupa a cabeça!

‎"I don't mind spending everyday out on your corner in the pouring rain"

If that's what it takes! I would give my all to try to turn back time and start it all over!

Gostava de começar tudo de novo, como se não se tivesse passado nada. Se ao menos tivesse uma oportunidade de te dizer tudo o que me vai na alma... mesmo que isso não resultasse em nada eu sei que me sentiria mais aliviada!

Coisas que se aprendem

Uma coisa que aprendi com as relações que tive (foram poucas, mas deu para perceber isto que irei contar), foi que não se deve contar tudo e mais alguma coisa ao nosso namorado: 1º porque não vale a pena; 2º porque pode estragar o que é bom!

Vejamos, ao meu primeiro namorado contei-lhe que tinha curtido com um amigo meu que foi da minha turma desde o 5º ao 9º ano, e na altura que curtimos eu ainda gostava dele (gostei dele desde o 6º ano até ao 12º =O) daí aquilo ter acontecido; ele levou a mal, apesar de ter sido ele próprio a perguntar. Ficou chateado como se eu o tivesse traído, quando nem sequer o conhecia na altura, quase me chamou nomes; enfim e depois de uma discussão acabou por me pedir desculpa.

A outro namorado meu, que estava longe de mim e falávamos por telefone ou pela net, sempre lhe contei tudo: com quem estava, com quem ia estar, com quem ia tomar café; mas mesmo assim, cada vez que eu dizia que ia tomar café com o meu melhor amigo, ele acusava-me de o andar a trair qu…

ele 3.2

provavelmente lixei-me... whatever, quem não arrisca não petisca... não fiz nada de mal, disse a verdade, pura e simplesmente a verdade. não dizem que "quem diz a verdade não merece castigo"? então pronto!!!

O Melhor da Vida

O melhor da vida é, sem dúvida, sentirmo-nos realizados seja no que for. Temos sorte numas coisas e menos sorte noutras, não se pode ter tudo. Eu sei que devia pensar assim todos os dias, mas tal como todo o ser humano tenho os meus dias de deprimência. No entanto, hoje não é um desses dias! Sinto-me contente, leve, aliviada, enfim nem sei explicar. Já despachei praticamente as disciplinas todas este semestre; embora me falte o segundo teste de inglês, de alemão e de estudos culturais (estes dois últimos são só em Janeiro), sei com quase toda a certeza que passei às disciplinas todas:
Alemão 1º teste: 18
Inglês 1º teste: 17
Estudos Culturais 1º teste: 16
O Estudo da Literatura (nota final, pois já sabemos): 13

Tenho ou não razões para estar contente?
(juro que isto não é um texto narcisista, egocêntrico, ou o que lhe queiram chamar, apenas achei que devia escrever qualquer coisa feliz para variar lol até rimou)

Ai ai ai é quase Natal... e a mim doem-me as costas!

Não tem nada a ver eu sei! Estou oficialmente desejosa que comecem as férias, não por estar farta das aulas, porque até estou a curtir o meu curso, mas porque ando super hiper mega cansada: estão a ver uma bimby? estão a ver uma vaporetta titano? estão a ver um ferro de passar? estão a ver a empregada que vai às compras? e estão a ver uma estudante com trabalhos para fazer? BOA! agora juntem tudo numa só pessoa e eis que surjo EU!

ah pois é!

"aquela mensagem era mesmo para mim?" foi o que perguntei, porque é tão raro serem queridos para mim que eu até estranho quando alguém se lembra de o ser! (isto, claro, sem contar com os meus melhores amigos, porque esses se não fossem queridos levavam porrada ahahah xD)
Respondi mas fiquei a pensar se realmente seria para mim, porque às vezes ao escrevermos mensagens no Facebook  mandamos sem querer para outras pessoas (já me aconteceu). Pelos vistos era de facto para mim... um momento a registar de tão raro que é, enfim!

"pois eu sei que o pessoal é bué filho da puta sem necessidade
mesmo bué"  Foi o que ele me respondeu e é tão verdade que até me sinto triste pelas pessoas que o são, pois certamente que não devem estar de bem com a sua consciência!

ele 3.1

juro que gostava de falar mais, mas porque é que tenho de ir sempre à pressa?? que nervos!

Sentir é Humano

Pelo menos não tenho medo de sentir, quando sinto, sinto-o profundamente... seja no amor, na amizade, ou até no ódio. torna-me vulnerável, mas ao mesmo tempo torna-me mais forte do que as outras pessoas; aquelas que têm medo de sentir são fracas - não conseguem aguentar a intensidade de um sentimento -, no entanto pensam dos outros o mesmo: que são fracos pois choram muito, riem demais. Igual ou pior que ter medo de falhar é ter medo de sentir, pois ter medo de sentir é ter medo de se ser humano. E o que somos nós senão meros humanos?

This is my Confession

It seems I'm easy to ignore
Well you're not
Maybe that's why I miss you like crazy
(yeah surely I am crazy)
And even though I try to convince myself that you don't deserve my tears
I cannot convince them to stop falling down my face
I confess I think of you quite often
Too often, to be honest
You're a waste of thoughts, I admit
But it's hard to get you out of my mind when you were all I needed
All I wanted
You were everything i was searching for
Yes, this is so cliché
But love is a cliché

Pensamentos Ocasionais VI

No dia em que chegares ao pé de mim e me perguntares o que penso, o que sinto, quais são os meus objectivos e quais são os meus receios, dar-te-ei crédito; por agora ficas com o pouco que tens.

Que Sonho do Catano!

De repente estava num centro comercial com alguém que não me consigo recordar quem era. Passámos por uma loja onde a vendedora era, nem mais nem menos, a Paris Hilton (pelo menos dei-lhe um emprego digno no meu sonho). A pessoa que estava comigo sentiu-se presa àquela loja e ficou lá pasmada a olhar; eu esgueirei-me de fininho e fui parar a um corredor escuro e obscuro, nada próprio de um centro comercial! Chegando ao fim desse corredor encontrei duas portas, uma estava entreaberta e eu espreitei: o que vi intimidou-me um pouco, era uma sala grande e estava cheia de pessoas vestidas com roupas próprias para sadomasoquismo (tenho de deixar de ouvir Rihanna), recuei e fechei a porta. Voltei-me para a outra porta, esta encontrava-se fechada, eu abri devagar e vi outra sala idêntica à anterior, com móveis - sofás, cadeirões, etc. - e montes de gente lá dentro mascarada. Um homem, que tinha uma máscara que era a cara de um homem sorridente, aproximou-se de mim e disse: "isto não é lug…

Tentando "trocar por miúdos"

Bom a verdade é que tenho tido pouca vontade de escrever, primeiro porque tenho pouco tempo e depois porque não sei sobre o que escrever; ou melhor, saber sei, não sei é como pô-lo em palavras. Pode ser que as férias de Natal ajudem a pôr a escrita em dia. A escrita e não só; espero mesmo que me ajudem é a pôr a cabeça em ordem, isso sim!

Pensamentos Ocasionais V

Qualquer dia escorrego na baba e bato com a cara na caixa! xD

Para os Piores e os Melhores de 2011

Para os Piores:
Desejo-vos um 2012 cheio de peso na consciência e que tudo o que me fizeram em 2011 recaia sobre vocês em jeito de pagamento!

Para os Melhores:
Desejo-vos um 2012 cheio de alegrias tantas como as que me deram a mim em 2011 e que a vossa vida corra pelo melhor!

:D

Pensamentos Ocasionais IV

Quando eu tenho dinheiro no telemóvel e posso falar, ninguém me liga; quando estou sem dinheiro de repente toda a gente se lembra de me mandar mensagens! Sou a única a quem isto acontece?

ele 2.4

Tenho de admitir que às vezes sinto saudades das conversas e que tenho de fazer uma força quase sobrenatural para não lhe falar!

ps: quem me dera que ele não lesse isto, só para não ficar convencido (mais do que já é)!

Merecer ou Não Merecer, eis a Questão

Cá se fazem, cá se pagam! Será esta a expressão que agora te comanda a vida? É possível. Tanto fizeste a tantas. Tanto fizeste a mim; é certo que na altura era um pouco mais ingénua e que também me deixei iludir, mas é certo também o teu esforço por me fazer de parva. Fizeste-me crer que poderias vir a querer o mesmo que eu, acabando sempre por me virar as costas. Desdenhaste de mim tanto quanto pudeste; nem sei por que continuo a constituir uma ameaça para ela, tendo em conta que devo ter sido a única com quem nunca tiveste absolutamente nada. Mas pelos vistos tudo e todas são ameaças para ela, estás a sofrer exactamente com aquilo que dizias que nunca te iria acontecer: "a mim nunca ninguém me há-de pôr uma trela"; oh como eu me lembro de te ouvir dizer isto!
Fui chamada de chata, obcecada, até me chegaram a dizer que se me sentia sozinha que comprasse um cão; pergunto-me agora o que achas daquilo que ela te faz, se já achavas aquilo de mim... meu Deus!
Esta tua situação s…

Educação vs Formação

Muita gente confunde educação com formação; não são propriamente opostas, até porque se complementam, mas educação é mais do que ir à escola e aprender. Vejamos, formação pode ser entendida como apenas formação académica e formação profissional, no entanto educação não se pode resumir à educação escolar. Conheço muita gente sem graus académicos elevados e que são pessoas extremamente bem-educadas, da mesma forma conheço pessoas que já são Doutores e que são extremamente mal-educadas. A razão pela qual estou a escrever sobre isto é porque cada vez mais noto que na sociedade de hoje os valores se perdem e a educação fica para segundo plano em relação à formação; as pessoas dão mais importância a um Doutor mesmo que seja uma "besta quadrada", do que a uma pessoa bem-educada mas sem formação. Não falo aqui em termos laborais, porque nesse campo é claro que quem tem formação deve sobressair; mas falo em termos de relações interpessoais. Isto leva-me para outro assunto também pert…