Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2012

Mudança de ideias

Vinha aqui escrever, vomitar pensamentos que já me estão a encher demasiado a cabeça, que deveria estar ocupada mas era com História e Cultura Inglesa. No entanto, mudei de ideias, pois os pensamentos estão tão confusos que preciso de os arrumar antes de os escrever aqui; por isso vou deitar-me e escrevê-los primeiro com papel e caneta e depois logo verei se devo transcrevê-los para o blog. :)

Pensamento da noite 6

aquele momento estúpido/estranho/idiota em que me apercebo que gosto da mesma pessoa há quase 3 anos apesar de já me ter dito a mim própria 500 mil vezes que não vale a pena.

Uneasy

Por mais que queiramos pôr tudo preto no branco, existem certas coisas que não são assim tão fáceis de deixar claras e transparentes; é o caso dos sentimentos. Sentimentos são complexos, difíceis de explicar e parece que quanto mais alguém nos pede explicações mais confusos ficamos. Não sou uma pessoa fácil de se lidar; alguém uma vez me disse que sou inconstante, talvez seja verdade, talvez não. Até porque sou bastante constante, quando amo alguém é sempre durante anos; por outro lado, quando tento fazer o que é certo em relação a quem gosta realmente de mim, acabo por fazer tudo errado; farto-me e perco a paciência com facilidade, provavelmente porque sinto que não consigo ser eu própria. Às tantas habituei-me tanto a ser eu a gostar de alguém (happens all the fucking time) que não sente o mesmo por mim e isso dá-me uma certa liberdade, porque, apesar de (o) amar, estou livre para fazer o que me der na real gana...

tbc

desabafo das 22h

sei que não devia... mas amo-te
sei que parece idiota, mas quero-te e fiz tudo errado
porque esse é o problema de pessoas como eu, frias, quando amam nunca sabem como agir e acabam sempre por perder.
o mais engraçado é que, quando não quero, acabo sempre por fazer alguém apaixonar-se por mim... mas nunca és tu.
e provavelmente nunca serás.

Não sei o que faço aqui, por que vim; vim caminhado e os meus pés trouxeram-me aqui. Ânsia inconsciente de te ver, talvez...
Agora que aqui estou não sei o que dizer; fico calada olhando-te, ou tentando balbuciar alguma palavra.
Talvez devesse ir embora, mas os meus pés estão pregados ao chão como se, dentro dos sapatos, chumbo tivesse.

Pensamento da Noite 5

chamam-me indirectamente labrega por ir ao Avante e beber.... e depois põem gosto na página da Casa dos Segredos! bem se vê quem é labrego...

Nova jornada

Começa já segunda! São várias as razões pelas quais eu quero que comece, 1º porque já estou farta de férias (3 meses sem fazer nada também cansa), 2º porque quanto mais depressa começa, mais depressa acaba e eu não vejo a hora de ter o curso terminado e finalmente ver mais de perto a oportunidade de um sonho realizado!

Pensamento da Noite 4

os gajos deviam ir todos para Banguecoque, apanhar uma moca e ir para a cama com uma puta com pila, e descobrirem no dia a seguir que até gostaram (como o gajo do Hangover part 2).

pronto passei-me.... cambada de atrasadinhos!!

Uma conversa inesperada...

Não sei onde isto irá parar, ou se deva ir parar algum lado, o que é certo é que ontem (hoje) só consegui adormecer às 5h da manhã pois estava tão "alterada" que nem conseguia adormecer. A conversa até começou de uma forma bastante politicamente correcta, mas acabou por tomar um rumo [quase] completamente oposto. Desde descrições ousadas a video conferência, a noite de ontem no facebook teve direito a muitas emoções; pensei publicar aqui parte da conversa, mas se o fizesse teria que pôr o blog com restrição de idades e eu não quero.

Dar Um Lamiré

Significado: Sinal para começar alguma coisa.

Origem: Trata-se da forma aglutinada da expressão "lá, mi, ré", que designa o diapasão, instrumento musical usado na afinação de instrumentos ou vozes. A expressão foi-se popularizando designando qualquer sinal que dê começo a uma actividade.

Que Maçada!

Significado: Exclamação usada para referir uma tragédia ou contra-tempo.

Origem: É uma alusão à fortaleza de Masada na região do Mar Morto, Israel, reduto de Zelotes, onde permaneceram anos resistindo às forças romanas após a destruição do Templo em 70d.C., culminando com um suicídio colectivo para não se renderem.

P. da C.

Que saudades que tenho de ir para uma disco dançar até não poder mais, já nem me lembro quando foi a última vez. Saudades de sentir o ar da noite na pele, estar com amigos... e o pior é nem sequer saber quando vou voltar a fazê-lo :( é a puta da crise, e são sempre os mesmos a fazer sacrifícios!

14 anos depois

Vou escrever isto porque sei que ele não se vai dar ao trabalho de ler, portanto aqui vai.

Em 1998, quando entrei para o 5º ano, conheci um rapaz a quem vou chamar simplesmente L. Ele era da minha turma; naquele ano não lhe dei muita atenção, mas no 6º ano algo me atraiu nele, já não me lembro como tudo começou, sei apenas que foi a sua sensibilidade que me cativou. Passei os 6 anos seguintes apaixonada por ele, mesmo estando a quilómetros de distancia quando andava na secundária. Só deixei de o amar quando conheci uma outra pessoa no 12º ano.
Bem, mas a minha história com o L começa em 2005, nas férias de verão que vim passar à margem sul (curiosamente, antes de entrar para o 12º ano e, eventualmente, "esquecê-lo"). Fui ter à casa dele, era para ser simplesmente uma visita de velhos amigos que já não se viam há muito tempo, mas transformou-se em mais do que isso. Ele começou na brincadeira comigo, a dar-me toques nos braços, como se me estivesse a bater, a beliscar-me e, de…

MJ (29-08-1958)

In the hood
Frame him if you could
Shoot to kill
To blame him if you will
If he dies sympathize
Such false witnesses
Damn self righteousness
In the black
Stab me in the back
In the face
To lie and shame the race
Heroine and Marilyn
It's the headline story of
All your glory
ele estava certo, já nesta altura! ("Tabloid Junkie" - HIStory, 1995 - Michael Jackson)

Novo Vício

ADORO o novo single da Christina Aguilera! Admito, em termos de música Pop ela é a minha diva (a Britney é a "sweetheart")
Algo me diz que este álbum da Xtina vai ser brutalíssimo!!

Sinto que o esforço não valeu a pena

Existem amizades conturbadas e esta é, definitivamente, uma delas. Por culpa de ambos, devo dizer. No entanto, desta vez nem eu sei o que se está a passar (das outras vezes sabia sempre, pois normalmente os problemas surgiam depois de discussões); eu estava-me a esforçar para ser uma pessoa mais calma e não me irritar com tanta facilidade, tanto que não me chateei da última vez que tivemos uma pseudo-discussão, e até tinha razões para isso. Mas estou a ver que não vale a pena o esforço!
Porque sem eu estar à espera, pois sei que não fiz nada, começo a ser ignorada... literalmente ignorada... a história do "estou sem paciência" é ridícula (não seria se estivéssemos chateados, ou se eu tivesse feito algo de errado; mas dadas as circunstâncias, é!). Estávamos a trabalhar em algo que agora fica em águas de bacalhau (eu bem disse para não fazer publicidade antes do tempo, dá sempre azar), 1º porque eu fiquei desmotivada e 2º porque vão começar as aulas e a minha falta de tempo.
E…

Às vezes não sei bem...

se serão atitudes de merda, ou merdas de atitudes! só sei que me está a deixar desmotivada para acabar o que se começou; desmotivada para voltar a falar com aquela pessoa; enfim... desmotivação total para tudo o que tenha a ver com isto!

Acho que vou dar um tempo

à internet... tenho que arranjar tempo para ler os livros que ficaram em stand by por causa da faculdade e sei que é esta senhora que me anda a roubar tempo!

Não está fácil!

Isto está realmente a deixar-me triste. O outro diz que está com problemas porque aconteceu não-sei-o-quê  no trabalho e que daqui a uns tempos me conta. Até aqui tudo bem, percebo a sua chateação, nunca é agradável ter-se problemas no trabalho. No entanto, também não fala comigo, ignora-me quando vê as mensagens ou simplesmente nem as vê (não faço ideia se é propositado ou não); isto é terrível porque sinto-me como se tivesse alguma culpa dos acontecimentos, quando na realidade estou a quilómetros de distância!
Acho que o problema do meu estado de nervos, das minhas depressões e estados de espírito pouco favoráveis à boa disposição, é mesmo conhecer demasiados gajos cheios de paranóias e manias!

10 coisas que não sabes sobre mim

1 - quando me apaixono a sério, dura anos (a maior parte das vezes isto é mau)

2 - quando me irrito sou tudo menos a pessoa querida que normalmente sou

3 - a única coisa que detesto fazer em casa é passar a ferro

4 - sou feminista q.b.

5 - adoro Cerelac e continuo a chorar com os filmes da Disney

6 - odeio quando os homens se gabam demasiado, a maioria das vezes o que dizem não confere

7 - se fosse um animal seria um gato: quando me tratam bem têm tudo de mim, quando me tratam mal têm o pior de mim

8 - Harry Potter, para mim, tem 10 vezes mais qualidade que o Twilight

9 - Não curto emigrantes a falarem pseudo-francês quando estão cá de férias

10 - odeio insectos! (excepto borboletas)

Quote

"Chora aos berros como as crianças até te estafares. Verás que depois adormeces."
Vergílio Ferreira

Custa Sempre

Por mais que nos façamos de fortes é impossível negar que, em momentos, custa afastarmo-nos de pessoas que marcaram a nossa vida. Esse afastamento pode acontecer naturalmente, por simplesmente seguirmos caminhos diferentes, ou propositadamente. As razões podem ser mais do que muitas e, ainda assim, parecer-nos que não existem nenhumas, pois quando damos por nós já estamos a milhas de distância dessas pessoas e pensamos: "quando e como isto aconteceu?".

Cambada de Gente Triste!

Quanto mais conheço as pessoas, mais gosto dos animais... ainda diziam que o Michael Jackson era maluco, era mas é esperto isso sim, rodeava-se de animais porque ao menos esses não eram falsos, não deixam de nos falar sem razão absolutamente nenhuma, e quando os tratamos bem não nos apunhalam pelas costas como a maior parte das pessoas fazem... enfim; quanto mais racionais, mais bárbaros... que contradição nojenta.

acho uma graça

devo-lhe ter feito algum mal e não sei... quando eu ganhar o euromilhões e deixar de responder depois não se admirem, sim porque o outro deve ter ficado rico só pode!

Underneath

Strip away the flesh and bone
Look beyond the lies you've known
Everybody wants to talk about a freak
No one wants to dig that deep
Let me take you underneath

Baby better watch your step
Never mind what's on the left
You gonna see things you might don't wanna see
It's still not that easy to me
Underneath

A red river of screams
Underneath
Tears in my eyes
Underneath
Stars in my black and blue sky
And underneath, under my skin,
Underneath, the depths of my sin
Look at me, now do you see?

Welcome to my world of truth
I don't wanna hide,
Any part of me from you

I'm standing here with no apologies
Such a beautiful release,
You inside of me

A red river of screams
Underneath
Tears in my eyes
Underneath
Stars in my black and blue sky
And underneath, under my skin,
Underneath, the depths of my sin
Look at me, now do you see?

Underneath, underneath, underneath, underneath, underneath

Welcome to my world of truth
A red river of screams
Underneath
Tears in my eyes
Underneath
Stars in my black and blue sky
And u…

Estive no Inferno e Voltei

Às vezes ponho-me a reler as coisas que aqui escrevo porque esqueço-me do que escrevi com facilidade, pois normalmente eu uso o blog para desabafar e vomitar sentimentos e frustrações momentâneas. Ao reler os textos lembrei-me da fase obscura em que me encontrava quando comecei este blog; aprendi muitas coisas nestes últimos anos e agora posso declarar isto com mais certeza:
Sou o que sou, não vivo para agradar ninguém senão eu própria; terás de gostar de mim pelo que sou e não pelo que queres que eu seja; fiz asneiras, aprendi e tento não as repetir; triste é aquele que se acha dono da razão quando nem sequer sabe da missa a metade.

Shady

Baby, i'm on the hunt
Baby, i got my target on you
Trouble, that's what i want
And i'm gonna do
Just what i have to
Get ur ass down to the front
Go on and roll it out, i dare u
Sorry i'm kinda drunk but
Did u just say ur game
Was brand new

No, I ain't broken, but i
Need a fix
That satisfaction when i
Get my kicks
I'm up all night
I'm outta sight
Don't turn on the light
'Cuz i'm feeling so shady lately

Come on and take me
Underground deep
Under the dtreet
Come on and take me
Take me down where
Freaks like us can meet

Turn it up, turn it up, turn it up
Turn it way up, don't stop the beat
Come on and turn me, turn me out
'Cuz i'm feeling so shady lately

Gonna go and get me a shot
Gonna knock it back, forget all
My Blues
Yeah,that really hits the spot
I'm feeling pretty fierce in my
Dancin' shoes

No, I ain't broken, but i
Need a fix
That satisfaction when i
Get my kicks
I'm up all night
I'm outta sight
Don't turn on the light
'Cuz i'm feeling so …

Amizades

Lembro-me que quando entrei para a pré-primária no externato as primeiras pessoas com quem me dei foram dois rapazes, Tiago e o Zé; lembro-me perfeitamente como nós fingíamos estar a dormir na hora da sesta e esperávamos que a senhora que tomava conta de nós adormecesse para podermos brincar em silêncio, pois nenhum de nós gostava de dormir a sesta. Não sou psicóloga, nem pretendo armar-me em uma, por isso não faço ideia se é devido ao facto de ter estado habituada aos dois filhos da minha ama, ou se é por ter tido uma admiração enorme pelo meu irmão, ou se é por ter brincado muito com um primo meu; o que é certo é que, apesar de também ter amigas, sempre me dei muito bem com rapazes, sinto que consigo abrir-me com mais facilidade com eles - talvez porque quando eles são realmente amigos não nos julgam tanto moralmente.
E talvez por esta razão me tem vindo a fazer muita confusão não conseguir construir uma amizade mais forte com uma certa pessoa. A culpa não está em nenhum dos lados; …

Bateu as Saudades

Durante mais de um ano (o ano quase inteiro de 2007, um bocado de 2008 e um pouco de 2010 - houveram algumas interrupções pelo meio devido a relacionamentos sérios de ambos os lados) tive um amigo colorido que conheci, ainda em 2006, na discoteca da vila onde morava na altura (Sertã) pouco depois de ter acabado com o meu namorado. Ele tinha mais 4 anos que eu, era alto (mais de 1,80), cabelo castanho claro com aquele corte à surfista; bom, tudo o que se possa imaginar para saltar à vista de qualquer uma numa discoteca a apinhar de gente; era de Castelo Branco. E tudo começou com um simples beijo à despedida nessa noite. Começaram as sms, os fins-de-semana sempre batidos na discoteca... ainda me lembro da primeira vez que fomos para além dos beijos, foi na noite do baile de finalistas da escola secundária para o qual eu tinha sido convidada, apesar de já ter tido acabado a secundária no ano anterior. Posso dizer que apanhei um susto inicial com a dimensão do "assunto" (que me…

just another lonely day

estou um pouco deprimida hoje, bem não sei se é mesmo só "um pouco", mas o que é certo é que estou. havia de chegar o dia, até demorou bastante, quase me convenci que já não chegava. mas aqui estou eu, a sentir-me tão sozinha como um cachorro abandonado; o que a falta de mimos faz a uma pessoa!

ele 3.3

Recuso-me a pensar em obsessão, penso que é mais sede de aventura; querer fazer algo que nunca fiz...e o fruto proibido é o mais apetecido! Embora duvide muito que isto alguma vez se irá concretizar...

Bela M***a

Portugal não marca, eu estou na fossa e amanhã já não há saída para ninguém! pronto e assim se acaba a semana a ficar ainda mais deprimida e desanimada do que o que já estava no início da mesma!

Aquele momento...

aquele momento estranho em que só apetece desaparecer do mapa... ir para onde ninguém me conhece e começar de novo.

Música Portuguesa

Não sou fã de Mickael Carreira, gosto de música portuguesa mas não deste estilo. No entanto tenho que admitir que esta música é muito catchy, fica no ouvido e é alegre! Penso que se o Mickael fosse por este caminho chegaria a muito mais gente, ele é melhor (sem dúvida) do que o Angel-O e poderia ser um sucesso muito maior entre a juventude se se despegasse da imagem tão parecida com a do pai e se parasse de cantar músicas com letras que são a desgraça completa (em termos de temas) como se já tivesse sofrido a vida inteira e fosse um desgraçado!

Sobre o Euro 2012

Bonito, bonito era Portugal chegar à final com a Alemanha e ganhar!!!
(a Merkel nunca mais se iria esquecer muahahahahahahahah)

Poemas IV

Tenho Tanto Sentimento Tenho tanto sentimento
Que é frequente persuadir-me
De que sou sentimental,
Mas reconheço, ao medir-me,
Que tudo isso é pensamento,
Que não senti afinal.

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.

Qual porém é a verdadeira
E qual errada, ninguém
Nos saberá explicar;
E vivemos de maneira
Que a vida que a gente tem
É a que tem que pensar.

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"

saídas

Tenho saudades de sair aqui na cidade onde moro: não ter de apanhar transportes, não ter de ficar à espera da hora dos transportes para poder vir embora, dormir na minha cama, andar tranquila na rua... etc. etc. Daí que tenha evitado sair, pois tenho que ir sempre para Lx e isso às vezes não dá jeito nenhum.

Conversas de Casa de Banho 3

Frases Nicola... uma noite

Navegante de Venus

hoje sinto-me a Navegante de Vénus, não porque ela também se chama Joana mas porque foi a primeira coisa que me veio à cabeça depois de pintar as unhas de cor-de-laranja!! xD

Se Um Dia Tiveres Tempo, Explica-me!

Nunca se conhece de facto alguém; penso que é até difícil conhecermo-nos completamente a nós próprios, pois haverá sempre situações para as quais não estamos preparados e só quando acontecem é que sabemos como reagimos a elas. É preciso muito mais do que um "olá" para me conhecer, uma simples conversa de minutos também não chega, mas ao que parece muita gente acha que sim. Eu não devia estar a escrever isto, não devia sequer dar importância a isto, no entanto eu sou o tipo de pessoa que se aflige com as imperfeições do mundo (se calhar até demais) e certas coisas fazem-me demasiada confusão. É necessário conhecer-me bem para perceber quando eu estou a falar a sério ou quando eu estou a brincar falando num chat, mas às vezes eu penso que é tão evidente que até um criança perceberia. Aqui o problema com certeza será meu, confio demais nos instintos dos outros (só para não dizer na inteligência). O que não entendo é a atitude posterior das pessoas, agarram-se de tal maneira a u…

a tentar entender sonhos

"só não sei é se gostas sem amor!"

isto pode ser interpretado de várias formas, mas quando dito em relação a um iogurte, sinceramente não sei qual é a forma mais correcta... lol

Egoísmo a todo o gás

É incrível do que as pessoas são capazes por puro egoísmo e egocentrismo! Conseguem matar uma pessoa aos poucos, qual sadismo e tortura. Fazer alguém, que supostamente se ama, de escrava sem sequer olhar para a sua saúde mental e física como se isso não importasse desde que eles estejam saciados e bem tratados é algo deplorável. Sanguessugas conseguem ser mais amigáveis... Às vezes pergunto-me se seria capaz de fazer o mesmo, e chego à conclusão de que seria incapaz pois, apesar de ser uma pessoa individualista em certos aspectos, não conseguiria fazer mal continuamente a alguém que sempre me ajudou. O pior é que sabem o que estão a fazer e não param; o pior é que ainda tratam a pessoa em questão como se eles é que fossem dignos de respeito!

Verso do dia #3

"I'm so hollow, baby, I'm so hollow.
I'm so, I'm so, I'm so hollow"
(James Blunt - "Goodbye my Lover")

Não sei o que chamar a isto...

Só sei que ultimamente me tenho fartado com bastante facilidade de falar com pessoas; não quero acreditar que me esteja a tornar anti-social, pois continuo a ter vontade de conhecer pessoas. O problema é com as pessoas que já conheço, não quero com isto ofender ninguém, mas sinto-me cansada de falar sempre com as mesmas pessoas e sobre as mesmas coisas e isso anda a dar cabo de mim. Sinto que ando a julgar mais as pessoas, não no sentido bíblico lol, mas porque penso mais no que a pessoa diz e pensa e irrito-me muito facilmente com as imperfeições; sei que isto parece muito mau, mas não consigo explicar... por exemplo, se alguém vier falar comigo e for bronco, eu vou notar imediatamente e a partir daí já não consigo falar com a pessoa. (é mais ou menos isto). A sensação que me dá é que a falta de novidades na minha vida faz com que não haja assunto, porque por vezes até quero falar com certas pessoas, não sei é como. É claro que sei que a única pessoa que pode mudar isto sou eu, dispe…

:)

Preciso fazer qualquer coisa!

Juro que, depois destes 2 testes que vou ter esta semana, tenho de tirar uns dias para sair de casa antes que começar as estudar outra vez para os 2 últimos. Que isto de passar tanto tempo enfiada em casa a ler e a estudar não é para mim; não é que não goste de o fazer, mas ficar muito tempo parada a fazer o mesmo começa-me a deixar apática. Além disso de nada me serve (nem a mim nem a ninguém) ter uma base teórica enorme se não sair para a rua e tentar pô-la "a andar", como dizia a minha prof de Estudo das Culturas.

Retiro não propositado mas necessário

Não tenho ido ao Facebook há já algum tempo com o intuito de me concentrar nos estudos e nas leituras sem me estar a preocupar com os problemas dos outros (pode parecer egoísmo, mas por vezes é necessário), nem me distrair. Também estou sem mensagens no telemóvel, o que é um pouco mau, mas por outro também evita distracções. Prometo voltar a estar acessível a partir de dia 30 de Maio (isto para aqueles que, eventualmente, venham ao blog e leiam este post).

Está quase a cheirar a férias!!

Já só falta uma semana de aulas! No entanto, é uma semana cheia de testes, trabalhos e apresentações, mas hei-de sobreviver como sempre. Afastei-me das redes sociais para evitar distracções durante estas duas semanas e terá de compensar todo este esforço!

Cenas da Fac.

então e estar à espera de uma nega, ou pelo menos de uma nota ranhosa (que para mim é tudo que esteja abaixo de 14), ir ver o belo do teste (nós só podemos ver o teste e não ficar com ele bah), (estou a pôr cenas entre parênteses de propósito caso não tenham percebido lol) e ter lá escrito 16??? ah pois é, é uma sensação do catano (boa) é o que é!

Verso do dia #2

"Respiro fundo e lembro-me da força que guardo dentro do meu corpo, espero que ela ouça"
(Da Weasel - "Força")

Verso do dia #1

"I'm not man enough to be human, but I'm trying to fit in. And I'm learning to fake it."
(Marilyn Manson - "The Gardener")

coming undone

as paredes à minha volta desfazem-se, vejo-as cair e despedaçarem no chão. tudo o que eu tinha como garantido afinal não o é. a fortaleza que me protegia não existe mais, estou por minha conta. apenas as construções com bons alicerces ficam intactas. por vezes é necessária a destruição para que uma nova construção tome lugar. sinto-me como se estivesse constantemente a tentar construir um castelo de cartas, quando chego ao topo tudo se desmorona. terei que substituir as cartas por betão, talvez aí a construção seja para a vida inteira.

Aquele Dia Há-de Chegar

Aquele dia em que as pessoas se irão aperceber de quem eu sou realmente; aquele dia em que se irão surpreender até o seus queixos tocarem no chão; aquele dia em que muitos irão lamentar terem desperdiçado a minha amizade; aquele dia em que os que falam de mim se calarão para passarem a falar em mim; aquele dia em que eu me irei rir de tudo isto porque quem ri por último, ri melhor, aaahhh há-de chegar o dia!

Momento creepy do dia

estou sentada no puff do meu quarto quando começo a ouvir barulhos, parecidos com aqueles barulhos que fazemos enquanto dormimos, se estivermos a sonhar ou assim. ainda demorei a perceber de onde vinham; quando finalmente percebo, é a gata a ressonar! está toda enrolada a dormir em cima da minha cama!

Igreja Católica Perde Fiéis

Hoje foi um dos assuntos abordados no Querida Júlia e eu acho que só não telefonei para lá a contar a minha bela história porque não tinha dinheiro no telemóvel! Mas vou contar aqui:
Eu só fui baptizada com três anos de idade porque o Padre da Igreja aqui ao pé da minha casa não me queria baptizar quando eu tinha meses; dizia que não podia porque os meus pais eram só casados pelo registo e não pela Igreja. O Padre era tão bom que, três anos depois, foi mandado para o Luxemburgo de castigo por causa de ter feito não sei o quê (não me recordo da história) e o Padre que veio a seguir já me baptizou sem objecções.

Com tantas exigências, é normal que percam fieis; eu sou católica, não tenciono mudar de religião, mas admito que a igreja entra demasiadas vezes em contradição para o meu gosto. (daí serem raras as vezes em que ponho lá os pés). O que raio tem a ver o facto de alguém ser casado apenas pelo registo com o facto de querer baptizar um filho, por ser católico? Do meu ponto de vista,…

1st Rule

Acordar e pensar:
Hoje EU tenho de... (seguido de um objectivo para o dia)

I guess this is how you made me!

Recuso-me a chorar, recuso-me a ter pena de mim; quem tenta derrubar-me pode-se ir encher de moscas, não serão nem metade do que sou; estarei a ser arrogante? talvez, foi isto que fizeram de mim, é a minha protecção. Recuso-me a continuar a aturar gente idiota. Se deixares de ouvir falar de mim, provavelmente será por estar preocupada em tirar boas notas - é a única forma de compensar o dinheiro absurdo que este país faz os meus pais gastarem com a faculdade. Desta vez é a longo prazo a caminhar para o definitivo. I've made up my mind.

"I'm as cold as the cold wind blows
When it snows and it's twenty be-low
Ask me why man I just don't know (...)
I don't know why I'm so, I'm so cold beat bangs, I don't need to say
I guess this is how you made me"

ele há sonhos...

Há sonhos estúpidos, há sonhos confusos e há sonhos assustadores... e há os que conseguem ser tudo isto ao mesmo tempo, acrescentando uma pitada de comicidade. Tal como sonhar que estou a ser abordada e perseguida, numa espécie de parque de piquenique de praia, por um gajo claramente chunga com um fato de treino que lembra os belos anos 90 (estão a ver aqueles fatos de treino bué coloridos, geralmente com cor-de-rosa forte? é isso mesmo), afirmando que me conhece e eu sem saber de onde; depois de algumas investidas desse tal moçoilo, eu passo-me e desato a correr ao mesmo tempo de digo "porquê eu? outra vez não!" -.-' enfim!

Set Fire to the Rain

I let it fall, my heart
And as it fell, you rose to claim it
It was dark and I was over
Until you kissed my lips and you saved me

My hands they were strong
But my knees were far too weak
To stand in your arms
Without falling to your feet

But there's a side, to you, that I never knew, never knew
All the things you'd say, they were never true, never true
And the games you'd play, you would always win, always win

But I set fire to the rain
Watched it pour as I touched your face
Well, it burned while I cried
'Cause I heard it screaming out your name, your name!

When I lay, with you
I could stay there, close my eyes
Feel you here forever
You and me together, nothing is better!

Cause there's a side, to you, that I never knew, never knew
All the things you'd say, they were never true, never true
And the games you'd play, you would always win, always win

But I set fire to the rain
Watched it pour as I touched your face
Well, it burned while I cried
'Cause I heard it screaming out your …

Muito Sinceramente

Há muito tempo que ando para escrever a minha opinião sobre este assunto tão polémico nos dias de hoje, mas como não tenho muita paciência para discutir com pessoas broncas [que possam vir a ler isto] deixei sempre passar; hoje é o dia [yeaahhh lol].
Ainda existe muita gente a achar a homossexualidade abominável, digna de ser extinta e de todos (os homossexuais) serem exterminados, enfim só posso ter pena dessas pessoas. Provavelmente não conhecem a História e não sabem que isto não é uma "mania" do presente; mas falemos da actualidade.
Toda a gente reclama liberdade de expressão, que vivemos num mundo livre, no entanto, até onde realmente acreditam no que dizem? Há quem não acredite que ser homossexual nem sempre é uma escolha; mesmo sendo uma escolha para quê tanta animosidade? Que mundo livre e de livre expressão é esse que tanto reclamam se se ofendem com tão pouco?
Cada um sabe de si e acho que a vida emocional/sexual de cada um não deve ser julgada como se de um crime …

Voices

Who is the master? Who is the slave?

Treat me like a curse
Then tell me I'm your saviour
I never liked the stranger
I used to know so well
Waiting for your answer
Is a kind of torture
Could I grow accustomed
To this kind of hell?

Are you walking the dog?
'Cause that dog isn't new
Are you out of control?
Is that dog walking you?
Haven't you had enough?
Now your time is up
Baby, show me your hell

Voices start to ring in your head
Tell me, what do they say?
Distant echoes from another time
Start to creep in your brain

So you're playing 'round, it's like it's convenient
You blew it so often that you start to believe it
You have demons, so nobody can blame you
But who is the master and who is the slave?

First you say you love me
Then you want to leave me
Then you say you're sorry
You play the game so well
I bought your illusion
You're the greatest salesman
How could I refuse you
When you sold it to yourself?

Are you walking the dog?
'Cause that dog isn't new
Are you out of co…

Destino: Tróia

Verão de 2008
5 pessoas, um carro vermelho atulhado de comida, sacos-cama, tendas, toalhas de praia e, mais importante, cervejas!!
Destino: Comporta, Tróia.
As cinco pessoas eram eu, o B.M., o J.M. (irmão do B.M.), o D.R. (primo destes últimos) e a C.P.
A viagem começou em Benfica, mas eu só entrei na história (e no carro lol) no Rio Sul Shopping, na Amora e foi aí que começou a aventura. Rumámos a Setúbal pela estrada nacional para não termos de pagar portagens; fomos já pelo caminho a esvaziar cervejas (exceptuando o condutor, que era o D.R.) e, como era de esperar, a dizer parvoíces! O B.M. só falava no cheiro a pizza que vinha do porta bagagens e de como estava cheio de fome; o J.M. ia bebendo e cumprimentando as pessoas na rua (incluindo uns polícias) com a cabeça de fora da janela; eu e a C.P. tentávamos manter o controlo mas na realidade só nos riamos. Bom, lá chegámos a Setúbal, ainda direitos, ficámos um pouco à espera na fila de carros que estavam para entrar no Ferry para T…

Nunca mais disseste nada!

E quando alguém se sai com esta por mensagem? É irritante, não é? A minha vontade é responder: Pois não, não disse... e tu disseste??
A culpa é tão minha como da outra pessoa; se a outra pessoa estava assim tão preocupada teria dito qualquer coisa, tem o meu número, tem o meu facebook, sabe onde eu moro... enfim...

Sem Título mas Com Sentimento

Queria apenas que dispensasses 5 minutos da tua preciosa vida ocupada para ouvires tudo o que te tenho para dizer; não, não o quero dizer pelo telefone, nem por mensagem, nem pela internet. Gostava de o dizer cara a cara, só assim perceberias que realmente sinto o que digo e digo o que sinto. Mas pelos vistos 5 minutos parecem ser demais e eu já não sei o que fazer, começo a perder as forças, começo a perder a única pinga de esperança que me resta, começo a sentir-me impotente perante esta situação. Por vezes só me apetece gritar o que sinto por ti para que toda a gente oiça, mas de que me valia esse esforço se tu não ouvirias? É tão difícil chegar a ti que às vezes penso que, para mim, é capaz de ser impossível. Gostava de saber o que te impede de me dar 5 minutos de tempo de antena...

Pensamentos Ocasionais X

O que me irrita nos gajos de hoje? O facto de estarem convencidos de que nós é que temos o dever de andar atrás deles! Já não se fazem homens como antigamente!! Só se fazem Bananas!!

O meu desespero

Ele ficou curioso acerca do meu desespero por ser tão difícil vermo-nos. Esta nossa conversa já foi há alguns dias, mas só agora é que consegui perceber a explicação, pois eu também não o sabia explicar com clarividência. O meu desespero deve-se ao medo terrível que eu tenho de que ele venha a ser outro B.M.: aquele que sempre falou muito que fazia e acontecia, mas nunca chegou a fazer nada, nem a acontecer nada porque ele fugia sempre na hora H.
Desta vez o meu sentimento é muito mais forte, não se trata apenas de uma paixãozinha de adolescente, ele é de facto o homem com quem sempre sonhei, daí o meu medo ganhar proporções maiores que as da situação anterior.

Put Your Hands On Me

I guess I'm picky with love
Well baby I give it up it's you I choose
And don't keep me waiting
This girl's got things she needs to do
Oh if I was blind, you'd help me see

If I lost my mind, you'd find it for me
Speak on it babe tell me what do you need
Because all I need is for you to love me baby

Put your hands on me baby
Put your hands on me baby
You got me flipping
Put your hands on me baby
Put your hands on me baby

Can't stop my mind from thinking of you
How am I supposed to function
Got me feelin' for your lips on my kiss
All night, never want no other lover

Baby I'm hungry
I want and I need
Bring me your sugar
And pour it all over me baby

Put your hands on me baby
Put your hands on me baby
You got me flipping
Put your hands on me baby
Put your hands on me baby

Up till now my eyes could see
Touch me once and it's all hazy

I don't know why and I don't know how
But somehow some way you got me

I can't explain can't comprehend the world could reacht its very…

Hoje dormi bem, acordei mal

Ou melhor sonhei bem, porque há muito tempo que não tinha um sonho assim tão animado (se é que me entendem; ia pôr outra palavra igualmente acabada em ado, mas depois lembrei-me que não tenho o blog restrito a maiores de 18 lolol). Só tenho pena de não o conseguir contar à pessoa em questão, pois já se sabe que os sonhos às vezes são um bocado confusos.
Dormi bem por isso e acordei bem no sentido psicológico, mas com uma dor de cabeça que parecia que me estavam a apertar o cérebro. Apetecia-me era voltar a dormir e continuar o sonho... ahahah

De 2007 a 2012

Isto não é suposto ser um texto lamechas, por isso perdoem-me se começar a sê-lo em algum momento. Em 2007 conheci uma pessoa que mudou, quase que radicalmente, a minha maneira de ver a vida. Mudou a minha maneira de encarar um amor e uma amizade. Quando digo que mudou é lógico que, penso eu, foi para melhor. Apesar de toda a turbulência pela qual passámos, eu e ele, a nossa amizade continua firme e hirta que nem uma barra de ferro (lol), porque simplesmente há coisas inabaláveis e a nossa amizade é uma delas. Mas todos esses obstáculos fizeram-me crescer, aceitando coisas que não posso mudar, ensinando-me a não ter medo dos obstáculos, mostrando-me que perdoar é necessário para se viver em paz. Sou por natureza uma pessoa rancorosa, não esqueço facilmente os males que me fazem mesmo quando digo que desculpo; essa pessoa mostrou-me que, por vezes, para se salvar algo mais valioso, como uma amizade, tem que se passar por cima desses rancores. O que não significa necessariamente que dei…

Yes, it's on and popping, yes

Hoje o sol lá fora brilha, mas eu sei que irão sempre haver dias em que o céu estará encoberto. O que não significa que sejam bons dias também, só depende de nós. Embora, por vezes, não consigamos evitar dias menos bons, não consigamos evitar sentir falta de alguém e nos sentirmos sem forças, não podemos deixar que pessoas que nos querem mal nos vejam assim. Quem nos quer ver mal estará sempre à espera de nos ver cair, portanto, mesmo que estejamos num dia chuvoso, escuro e desagradável, temos que nos mostrar óptimos a essas pessoas; é a única maneira de nos vermos livres de maus olhados.

"Numa cidade de 1milhão às vezes sinto-me sozinha"

Cada vez tenho mais a certeza que só irei encontrar a paz interior no dia em que encontrar a estabilidade emocional de que preciso. Apesar de muita gente me considerar uma pessoa forte, eu sei que preciso de sentir que estou protegida. Protegida de tudo o que me possa fazer mal e isso incluí estar protegida de mim própria, pois eu sei ser o meu pior inimigo. Por vezes sinto tanta falta de ter alguém que chega a doer mesmo fisicamente; palavras não são nada, não resolvem nada, quando o que precisamos é apenas aquele abraço que só uma pessoa nos poderia dar. Palavras são só palavras e podem ser levadas pelo vento (já li isto nalgum lado); os gestos ficam gravados na nossa memória, entranhados na nossa pele.

Nostalgia

Hoje deu-me para ouvir Da Weasel. Há muito que não o fazia e de repente deu-me umas saudades desta grande banda que foi uma coisa parva!
Vá lá, matem-me de novo, só mais um bocadinho!! (que é como quem diz: voltem!)

Festival da Canção 2012

Quero já dizer que ultimamente o Festival da Canção tem sido uma deprimência total! Longe vão os tempos em que, segundo a minha mãe, Portugal parava devido ao Festival!
Este ano não foi excepção, foi triste mesmo; só gostei de uma canção - a do Rui Andrade - e confesso que foi mais pela voz dele do que propriamente pela canção, que bem podia ser melhor e ele merecia. Das outras nem me lembro, são músicas que não ficam no ouvido. A única que ficou no ouvido foi a do Carlos Costa e que, apesar de eu gostar mais da do Rui, deveria ter ganho na minha opinião. A letra não é assim tão pirosa quanto isso (em termos de música pop), se a traduzirmos para inglês teremos uma música da JLo ou coisa parecida. No entanto, a música - o instrumental - deixou muito a desejar e aí, embora não seja fã do rapaz, tenho de dizer que até tive pena pois parecia que ele estava a cantar uma demo! Ainda assim, continuo a achar que deveria ter ganho, porque é uma música pegajosa, fica no ouvido e é animada; ulti…

coisas estranhas acontecem

depois de tanto insistir que me queria conhecer, tomar café comigo e mais não sei quê, eu lá aceitei e fomos. deixou de me falar logo após termos nos despedido. se eu estou ralada? not really, tenho mais em que pensar e em QUEM pensar. mas não posso deixar de achar estranho lolol

Ele

Estava à espera do metro no Rossio. O metro finalmente chegou, as portas abriram-se e eu entrei. Vi-te mesmo à minha frente, foi uma sensação esquisita mas não fiquei com o coração na garganta, nem com um buraco negro no estômago. No entanto, adorei ver-te, deixou-me alegre, tolamente alegre devo dizer; tudo sucedeu de forma tão natural que ninguém diria que só nos tínhamos visto uma vez na vida. Não foi necessário desatarmos a falar do tempo, a conversa surgiu instantaneamente. Ao que parece eu tinha razão quando dizia que Lisboa não é assim tão grande e algum dia teria que ser o dia. Coincidência engraçada termos olhado ao mesmo tempo (sim, há quem possa dizer que foi o destino, mas eu prefiro continuar com os pés bem assentes na terra e pensar nisto apenas como uma simples coincidência). De certa forma senti que gostaste de me encontrar, senão que outra razão te levaria a mandar mensagem logo que saíste do metro uma estação antes de mim? Não obstante esse facto, não quero deter por…

Hoje Descobri

O melhor da vida acontece por acaso!

li num livro:

"whenever you feel like criticizing anyone, just remember that all the people in this world haven't had the advantages that you've had"

Música e Moda

Como todos devem saber estas duas áreas sempre estiveram muito ligadas uma à outra; ou porque a moda influencia a música, ou porque a música influencia a moda. Neste post vou falar de algo um pouco fútil mas que não deixa de ser um pouco pertinente: a nova moda dos bodies nas actuações das divas do pop.
Serei eu a única pessoa que odeia esta moda? Eu tenho saudades de ver actuações de calças de ganga, juro que tenho! Vou tomar como exemplo a Britney, porque gosto dela: eu odiei os fatos usados por ela na Femme Fatale Tour; ok, se calhar odiar é um verbo muito forte, mas não gostei. Alguns fizeram-na parecer enorme, principalmente o branco, (enorme no sentido de larguras) já para não dizer que ela não me parece confortável a usar aquilo. Ela fica muito mais gira de calças e tops, como na performance de Circus no Good Morning America, Mannequin na Circus Tour; ou de saias e tops como ela costumava usar para a I'm a Slave 4 U. Falo da Britney, como já disse, porque gosto dela e gosta…

E esta é para ti! (já que vamos brincar aos recados)

Como se pode ter vontade de voltar a falar com uma pessoa que está continuamente a arranjar maneira de nos atirar à cara que nós não a amamos, de modo a parecer que temos alguma culpa? Quando irá essa pessoa perceber que, apesar de não sentirmos o mesmo que ela, ela tem a nossa amizade e ao nos apontar o dedo de tal maneira apenas está a contribuir para a destruição lenta e dolorosa dessa mesma amizade; lenta porque uma amizade não acaba de um momento para o outro; dolorosa porque magoa ambas as partes. Recuso-me a repetir coisas que já escrevi neste blog (Aqui), aliás, uma das razões que me levou a deixar de falar foi exactamente o facto de estar farta de dizer sempre o mesmo. Não podemos obrigar ninguém a gostar de nós, eu nunca o fiz e talvez por isso acabe sempre por ser amiga de quem já gostei ou gosto. Na minha opinião, se a pessoa de quem gostamos não nos retribuí o sentimento, isso não nos impede que haja uma amizade; eu penso assim: "ok, tu não me amas então vamos pelo …

Isto foi um sonho! (felizmente)

Durante uma conversa no Skype depois de eu ter dito algo que não sei o que foi, o P. responde-me: "- Devias combinar logo os cafés todos (para durante a semana), era o que eu devia ter feito em época de tornados! Mas o mais engraçado foi aquela noite no Karaoke com a parola da minha namorada da altura, quando eu já sabia que ela me andava a enfeitar a cabeça!"
Isto não faz sentido absolutamente nenhum!!

Whitney Houston [RIP]

Não estava mesmo nada à espera, apesar de não ouvir falar desta senhora há muito tempo e saber que ela estava a passar um mau momento na vida devido às drogas e ao álcool (e ao marido)! Fiquei realmente sem palavras quando liguei a TV enquanto fazia o almoço e ouvi esta notícia no telejornal. Não posso dizer que sou uma fã incondicional, no entanto gostava de algumas musicas dela e admirava a sua voz e talento... mais uma vida e uma carreira fenomenal que se estragou devido a vícios. Há pessoas que simplesmente não aguentam a pressão da vida, embora não se saiba ainda as causas da morte é provável que possa ter sido suicídio [mesmo que involuntário] - pelo menos aparenta ter sido, tendo em conta as circunstâncias em que foi encontrada. Está neste momento certamente acompanhada de Michael Jackson, Elvis Presley, Amy Winehouse, entre outros tantos... que descanse em paz! <3

Há sempre duas opções

Ou até mais que duas; podem tentar conhecer-me de verdade ou podem tirar as suas próprias conclusões sobre a minha pessoa. Eu estou-me a cagar para o que as pessoas pensam, pois aquilo que pensam pode não ser aquilo que realmente sou, há sempre uma probabilidade de erro de 90%. Por isso esta segunda opção torna-se pouco viável o que me leva a crer que seria melhor nem tirarem conclusões... pois se tiram conclusões em vez de me tentarem conhecer é porque na realidade não querem conhecer-me. Logo, para quê estarem a perder tempo e a gastar neurónios (caso os tenham) comigo? xD E esta é a terceira opção.

preciso voltar aos treinos

e como tal estou a prever uma noite no Metropolis em breve! talvez aproveite a free party de dia 17 de Fevereiro. que isto de chegar a casa com dores nas costas não está com nada, é devido à falta de treino. xD

Domingo

Domingo é aquele dia horroroso da semana em que temos a sensação de fim do bem bom, e quase começo de uma outra semana. A mim dá-me uma moleza desgraçada, mesmo que não saia e não esteja com ressaca da noite de sábado, sinto-me sempre muito preguiçosa ao domingo. Aos domingos só me apetece é estar em casa sossegada e de preferência a comer; sim aos domingos dá-me sempre para estar constantemente a comer, parece quase uma compulsão!

As desculpas delas não são as minhas! lol

Talvez eu é que seja uma pessoa estranha, daí que não escreva o texto que se segue no blog Gente Estranha e sim neste.
Nestes últimos tempos em que tenho estado sozinha e pouco ou nada tenho ligado a aproximações corporais (lol acabei de inventar esta expressão), tenho aprendido algumas coisas novas sobre mim que desconhecia quase completamente por estarem tão bem guardadas no mais profundo eu. Uma dessas coisas é que afinal gosto mais de namoro do que de "curtes" (razão pela qual me tenho andado a esquivar a alguns encontros, sem arrependimento nenhum). O que me levou a chegar a esta conclusão? Bem, foi a falta que sinto de ter alguém a meu lado e as constantes viagens do meu pensamento até 2006 - época em que namorava com um rapaz de lá perto da Sertã - viagens essas que, entre outras coisas, me lembram o quão maluca eu era, no bom sentido; e aí está o cerne da questão que me levou a escrever este texto.
Muitas mulheres/raparigas quando namoram chegam sempre a uma altura e…

Coisas que ABOMINO em conversas de chat ou sms!

(isto vai mais para o sexo oposto pois normalmente com as minhas amigas tenho grandes conversas)

Primeira de todas e provavelmente a mais importante: detesto que me respondam tipo telegrama, como se no chat também pagassem por cada palavra que escrevem; do género sim/não.
Razão: dá a sensação que não têm miolos, pois não dão continuidade à conversa; deixa-me sem vontade de continuar a conversa também, porque não puxam nem pela conversa nem por mim (ou seja não me fazem pensar);

Segunda: detesto que me respondam "pois tem de ser" quando, depois de me perguntarem se comigo também está tudo bem, eu respondo "vai-se andando".
Razão: é parecida com a primeira; YA EU SEI QUE TEM DE SER, CASO CONTRÁRIO NÃO VOU A LADO ALGUM, agora importaste de continuar a conversa para isto não morrer já aqui??

Terceira e esta é definitivamente para o sexo oposto: detesto que tentem desviar a conversa para coisas menos politicamente correctas quando estou a tentar ter uma conversa normal, não …

Espero que não seja só comigo!

Alguma vez tiveram aquela sensação horrorosa de querer falar com a pessoa de quem gostam, ter uma longa conversa sobre tudo e mais alguma coisa - de modo a que a pessoa perceba quem realmente são e que valem a pena - mas por alguma razão inexplicável, ou simplesmente porque a pessoa nos dá um certo receio devido à sua frieza, não conseguem falar e quando conseguem a conversa fica-se pelo típico "olá tudo bem; sim e ctg"???

Crise de Escrita

Tenho imensa coisa sobre o que escrever, mas algo me anda a impedir e não é só a preguiça de escrever; é o facto de escrever sobre algumas coisas que depois permanecerão iguais, escrever sobre os meus sentimentos e eles não valerem de nada. Eu estou aqui, ele está sei lá onde algures do outro lado do Tejo e pronto assim ficamos...

ai ai ai ai

ai se eu pudesse! mas aposto que se pudesse não teria tanto interesse... é sempre assim: o fruto proibido é o mais apetecido! aquela mãozinha, hmmm ou foi impressão ou queria andar por outros sítios!

Toda Assassinada!

Na mão direita são as frieiras; na mão esquerda é a ferida de ter batido na parede do prédio (o que não foi nada agradável visto que a parede do meu prédio tem pedrinhas e vidrinhos incrustados a enfeitar). Enfim estou desejosa que isto tudo passe porque assim nem me dá vontade de pintar as unhas (momento fútil do texto) pois chamaria mais atenção para o assassinato das minhas mãozinhas!

Recordações Musicais da Infância

Bom como é perceptível através da página deste blog intitulada Idols o meu gosto musical é bastante variado, sempre o foi desde que me lembro. No entanto devo admitir que quando era mais nova a maior parte da música que ouvia era Pop. Uma amiga minha de looooonga (lol) data está prestes a fazer anos e esse facto fez-me recordar coisas do arco da velha, tais como: dançar as coreografias das Spice Girls era um clássico das nossas festas de anos, cada rapariga que ia era uma spice ahahah; ou então ouvir Excesso! Sim leram bem, leram; eu que agora oiço Marilyn Manson aos altos berros um dia ouvi Excesso, parece impossível mas comigo tudo é possível!
Sei que a maior parte das pessoas acha piroso e um horror da música portuguesa mas temos de admitir que foi um marco na História da Música Portuguesa. Foi um fenómeno igualado ao dos Backstreet Boys e N'SYNC mas em proporções diferentes, eram eles no mundo e os Excesso em Portugal, já para não falar que as músicas têm sonoridades similares…

What a depressing day!

Hoje é sábado! Mas é sábado mesmo só no calendário pois eu não sinto que seja sábado; estou confinada em casa em jeito de "forever alone", com vontade de fazer nada! Há séculos que não sei o que é uma noite de sábado passada no café, ou num bar ou numa discoteca... e isso começa a deprimir-me; sinto que a minha vida social está cada vez mais inexistente por culpa desta horrível crise da qual eu já estou farta de ouvir falar! (Só me apetece ir para a Assembleia da República mandar calhaus à testa daqueles deputados mete-nojo que estão lá sem fazer um CU, ou a dormir, ou a ver o Facebook e ainda assim a ganhar um ordenado chorudo! FDX)

Limpeza do Facebook

Porque a mudança tem de começar por algum lado, decidi finalmente fazer algo que já era para ter feito há muito tempo: eliminar gente que não interessa do Facebook! Gente que eu nunca vi mais gorda e que me vinham só chagar. Só não o tinha feito antes por preguiça de andar a ver a lista toda de amigos; ainda por cima agora já não aparecem por ordem alfabética e sim por ordem de "importância", ou seja, as pessoas com quem há mais contacto aparecem nos primeiros lugares. Desde que desisti do hi5 que jurei para mim mesma que só iria aceitar pessoas no Facebook que eu realmente conheço e só aceitar quem não conheço se tiver um perfil minimamente digno da minha preciosa atenção, porque eu sou demasiado inteligente para desperdiçar o meu tempo com pessoas broncas! (peço desculpa se feri susceptibilidades)

Stress: O Meu Maior Inimigo

Desde que voltei para a cidade de Amora - em 2007, por causa de ter entrado para a faculdade -  comecei a emagrecer quase drasticamente; tudo começou devido à correria para os transportes pois moro na margem sul e a faculdade é em Oeiras, passando por alimentação não muito boa por vários motivos e também por questões pessoais que me deitaram a baixo. Até agora ainda não consegui voltar a engordar; tentei e quase que consegui, mas como é que irei alguma vez conseguir definitivamente se vivo num eterno stress, porque só eu é que me preocupo se há isto ou não em casa, muitas vezes não tenho dinheiro para fazer as compras todas do mês, tendo de andar sempre a fazer as compras às mijinhas; muitas vezes faltam-me coisas em casa que me permitiriam fazer a dieta que estava a fazer e que me ajudou a ganhar 2kg sem a cessar (por isso voltei a perdê-los). E eu sou ao contrário da maior parte das pessoas: quando estou nervosa ou triste não consigo ver comida à frente, fico com falta de apetite e …

Aquele que desejamos...

normalmente é sempre aquele que não nos deseja a nós; parece masoquista. mas a vida é mesmo assim: quanto mais difícil mais aliciante, mais inesquecível.

Because life won't change if you don't change!

Ok chega de mer***, chega de me pisarem em cima, chega de ser ignorada, chega de ser iludida; vamos falar a sério?
Era uma vez uma miúda que respondia à letra aquando confrontada com provocações, batia quando lhe batiam a ela, fez uma gaja chorar por esta estar a gozar com a melhor amiga; era uma vez uma miúda que tinha um sonho: ser reconhecida pelo seu trabalho, pela sua inteligência. O que é que lhe aconteceu?
Bom tem andado adormecida pois circunstâncias da vida fizeram com que perdesse parte da auto-estima e, consequentemente, a fé nos seus sonhos. Parece que está na hora de ela acordar de vez - não andar acordada um dia e no outro adormecer - pois inteligência adquirida em 23 anos não é para ser desperdiçada com pessoas que não interessam a ninguém.
Essa miúda vai voltar, prometendo a si própria - pois não precisa prometer a mais ninguém - que este ano vai cuidar mais de si, preocupar-se menos com os outros - principalmente se os outros forem maiores e vacinados e estiverem em p…

Vou dar em maluca

Isto de não ter mensagens no telemóvel é muito chato, não posso contar logo coisas ao meu melhor amigo e depois essas mesmas coisas ficam aqui entaladas; pois ele também não pode andar sempre a ligar quando está a trabalhar e ainda por cima cancelou a conta no livro das caras! E agora a quem é que eu conto que tive um sonho do catano em que aconteceu de tudo: desde sítios se misturarem, até eu a cortar queijo e fiambre naquelas máquinas próprias que há nas mercearias, passando por beijos nos pescoço... enfim que grande bacanal de sonho!

Noite Agitada

Tenho a certeza que não é só comigo que isto acontece, mas hoje foi realmente forte! Estava a sonhar e aquilo que senti no sonho foi tão real que parecia que de facto o estava a sentir na pele, tanto que me assustei e acordei atordoada e até mandei um pulo da cama. Já não é a primeira vez que acontece, mas com esta intensidade é raro acontecer. Adorava saber o que leva a que isto suceda!

Uma Espécie de Amizade

Por vezes tenho uma espécie de diálogo* com ele; por vezes ele tem uma espécie de preocupação comigo; por vezes ele até gosta de entrar na brincadeira e arranjar-me alcunhas (que normalmente derivam de espécies de comida); por vezes ele até é uma espécie de querido e simpático; às vezes finge (ou realmente não se lembra) que não sabe que eu sinto uma espécie de paixão por ele; às vezes até temos mais que uma espécie de diálogo...
agora só não percebo porque é que não aceita ir tomar uma espécie de café, de modo a tornarmos esta espécie de amizade em simplesmente uma AMIZADE.



*esta expressão tem direitos de autor; by C.M.

quando os amigos se tornam nossos inimigos

Provavelmente pensa que eu sou alguma atrasadinha e não sei os riscos que corro, sim até porque nunca estive apaixonada nem nunca tentei conquistar ninguém, pois claro!  Uma coisa é ser-se frontal outra coisa é ser-se cruel de propósito para nos desmotivar, nos desmoralizar, nos deixar no fosso e fazer-nos chorar noite dentro!  Sim, porque eu não tenho a mínima dúvida que foi propositado (consciente ou inconscientemente), principalmente a parte "isso dá-lhe, vai em frente que ele vai logo a correr para os teus braços, da mesma maneira que tu corres para os meus quando tento"... isto na minha terra chama-se dor de cotovelo! Primeiro goza por eu não contar as coisas, afirmando que não iria sentir ciúmes, ironizando e dando a entender que é uma parvoíce eu não lhe contar... tudo bem, fartei-me da gozação e contei... e ele sai-se com isto! Agora digam-me se isto não são ciúmes; aproveito, já agora, para lhe agradecer e para o parabenizar pois conseguiu o que queria, fiquei de fa…

Love is Blind

Está a chegar aquela altura deprimente da noite, em que não paro de pensar em ti embora esteja a falar com uma pessoa que realmente gosta de mim e merecia mais os meus pensamentos. Custa-me tanto estar impotente perante esta situação, não poder fazer nada, não poder sequer chegar perto de ti porque tu não deixas. a maior parte das pessoas diz para eu desistir, diz que isto é uma perda de tempo, até mesmo pessoas que também te conhecem, provavelmente aos seus olhos eu sou louca por ainda falar contigo; mas como posso eu desistir de alguém que é tudo o que eu sempre quis?
Desistir nunca fez parte do meu dicionário e podes evitar-me as vezes que quiseres, não será para sempre... Lisboa não é Nova Iorque... sempre me ensinaram a não desistir dos meus objectivos; a ironia é que foste tu próprio que me lembraste de quem eu realmente sou, lutadora, portanto não esperes que não lute.



Well people don't see what I see
Even when they're right there standing next to me
And all of my friends …

É verdade sim senhora!!

O capricorniano beija meticulosamente.
Começa devagarzinho, como se quisesse tomar posse do " território desconhecido"…

Depois ele vai se aprofundando mais e mais, em busca de uma intensidade cada vez maior.

É um beijo prolongado, desses que roubam o fôlego e deixam um gostinho de "quero mais"…

agr dava jeito...

ir beber o resto da vodka de caramelo para ver se aquecia os pés... e aí sim, dariam-me muitos ataques de riso súbitos, além de que provavelmente faria declarações inéditas... enfim, mas amanhã tenho muito que fazer e não posso estar ressacada!

Confissões de uma mulher carente

"Cada vez que te vejo sinto o meu corpo tremer, por dentro e por fora... quero dizer mais que um "olá" mas o cérebro fica bloqueado perante o charme que emanas; muitas vezes desvio o olhar com medo que seja demasiado evidente a minha sede de ti e que, rapidamente, quem se encontra ao nosso redor perceba. Devia evitar estes sentimentos e pensamentos, mas evitar nem sempre é fácil..."

Para os Homens

No outro dia enviaram-me uma mensagem para o FB, não interessa quem, muito bonita, escrita por homens em que dizia que vocês preferem ver-nos de pijama, sem maquilhagem e portanto nós não precisamos de ter tanto trabalho a arranjarmo-nos para vocês! Isto é assim uma coisa que soa bem e não sei quê, é politicamente correcto sim senhor, quase que uma pessoa se derrete!
Mas por outro lado foi um bocado convencido da parte de quem escreveu, porque a maior parte de nós não se veste nem maquilha para vocês mas sim para nós próprias, porque gostamos de moda, de roupa e de maquilhagem, não porque gostamos de vocês!!!

Que posso eu fazer...

daria tudo para te voltar a ver
metia-me num autocarro e iria até ao fim do mundo
mas ainda nem sequer cheguei perto e já tu me tentas afastar
ainda nem disse uma palavra e já tu me tentas calar
com esse teu silêncio que tanto me diz
coisas que eu preferia não ter de ouvir

So True

Entre as 10h e as 14h

Estava montes de gente em minha casa... O P. estava de pijama sentado à frente da secretaria, com os braços cruzados em cima desta e a cabeça pousada em cima dos braços, a chorar. Eu fiquei preocupada mas o J. disse para eu não falar com ele porque quando ele está assim fica violento; eu não acreditei e fui perguntar o que se passava... A resposta foi um berro: "Sai daqui, deixa-me!!" O P. levantou-se e saiu do quarto, entretanto volta a sorrir e pede-me desculpa por ter gritado comigo visto estar na minha casa e eu não ter culpa de nada; voltou a sair do quarto e foi para a casa de banho. Alguém me disse que estava uma rapariga, que já não me lembro quem era, lá na casa de banho também e eu passei-me, entrei de rompante na casa de banho: aparentemente estavam só a conversar (que sitio esquisito para se conversar) e sobre mim (a rapariga não estava a dizer nada de mal) mas eu passei-me na mesma e desatei aos berros a dizer para ela sair dali imediatamente e não parei de grit…

23

Já são quase 23 os anos que passaram desde 8 de Janeiro de 1989. Fico nostálgica cada vez que penso no que tinha sonhado para esta altura da minha vida, no que era suposto eu estar a fazer. Tantas coisas que ficaram para trás devido a circunstâncias menos boas da minha vida. Por esta altura deveria, segundo os meus sonhos, estar nos EUA a fazer pela minha carreira artística. Mas acredito que tudo acontece por alguma razão e por alguma razão eu estou onde devo estar, em Lisboa a tirar um curso de letras.
Fazendo um balanço da minha vida afectiva, bom também não é das mais recomendáveis.
Esperemos que melhores dias apareçam este ano, se não for o fim do mundo, ao menos que seja um ano de viragem... para melhor!

Passagem de ano

Pronto e cá estamos em 2012, veremos se realmente o mundo vai acabar... ainda bem que faço anos logo em Janeiro, assim ainda tenho tempo de os festejar!
Esqueci-me completamente das passas, nem sei onde estavam, espero que não dê azar. Não me ralei muito porque não sou muito apreciadora de passas, apenas quando fazem parte de algum bolo, ou pão... (por acaso havia um pão de passas no pingo doce muito bom, mas nunca mais encontrei lol).
Só faltou um pouco mais de música na minha passagem de ano, mas de resto foi muito engraçada! Até fogo de artificio houve dentro de casa!! (daquele de papel atenção)