Pensamento(s) da Noite 51

Era tão melhor quando éramos tu e eu
- os teus amigos
- os meus amigos

51.1
É engraçado como se estão pouco importando se eu ando triste e deprimida, se preciso de um ombro, se ando com o cérebro cheio de coisas e problemas, mas depois acham que e tenho tempo e paciência para engendrar complôs!

51.2
Tenho o cérebro a arrebentar de problemas e ainda se admiram de eu não me lembrar de tudo o que me dizem... porque pura e simplesmente me entra por um ouvido a 100 e sai pelo outro a 200, pois o meu "disco rígido" já não tem mais espaço.

51.3
Ando deprimida, vulnerável, sensível e a sentir-me desamparada por quem não devia desamparar-me, e quando assim estou, infelizmente, é muito fácil manipular-me

51.4
Por isso, quem se está a sentir vítima de um complô (voluntário ou não) sou eu.

51.5
Dou-me bem com toda a gente, gosto de me dar bem com toda a gente... se tiver algum problema realmente grave com alguém eu falo e digo na cara. Se nunca o fiz/fizer é porque na realidade não me afecta assim tanto e consigo ser superior a isso.

51.6
Este é o meu derradeiro ponto final! Querem continuar no mundo fantasioso e infantilóide do "diz que disse" continuem, eu vou resolver problemas reais, do mundo real e ADULTO. I'm OUT!
Quem realmente gosta de mim sabe onde me encontrar, pois quem me interessa realmente sabe onde moro e onde trabalho. Não esperem mais de mim do que aquilo que neste momento consigo dar, dadas as circunstâncias da minha vida.

Mensagens populares deste blogue

Personalidade Fraca ou Simplesmente Falta dela

Educação vs Formação

Pensamento Hipotético (1)