Estive no Inferno e Voltei

Às vezes ponho-me a reler as coisas que aqui escrevo porque esqueço-me do que escrevi com facilidade, pois normalmente eu uso o blog para desabafar e vomitar sentimentos e frustrações momentâneas. Ao reler os textos lembrei-me da fase obscura em que me encontrava quando comecei este blog; aprendi muitas coisas nestes últimos anos e agora posso declarar isto com mais certeza:
Sou o que sou, não vivo para agradar ninguém senão eu própria; terás de gostar de mim pelo que sou e não pelo que queres que eu seja; fiz asneiras, aprendi e tento não as repetir; triste é aquele que se acha dono da razão quando nem sequer sabe da missa a metade.

Mensagens populares deste blogue

Personalidade Fraca ou Simplesmente Falta dela

Educação vs Formação

Pensamento Hipotético (1)