Doce Tentação part 4

E ali fiquei a sentir o calor do fogo tocar-me a cara, enquanto recordava os oito meses de namoro que passei com aquele rapaz, todos os altos e baixos, todos os ciúmes e desconfianças. Todas as mensagens que troquei com o outro rapaz sem ele saber, não me orgulho admito, mas era demasiado inconsequente na altura. Lembro-me da nossa primeira vez, foi no parque de estacionamento das piscinas da Fróia. Só me arrependo porque não o fiz por me estar a entregar a quem gostava, sei que o fiz apenas porque queria deixar de ser virgem. Agora que penso nisso, até me acho uma pessoa horrível...
Cada beijo... era no outro que eu pensava, é dificil recordar isto, mas inevitável. Só durou oito meses, porque cheguei a um ponto em que decidi que não podia estar a enganar-me mais a mim própria, muito menos áquele rapaz. Não foi uma tarefa fácil, porque sabia que o ia magoar.
depois de termos acabado tudo, dei-me conta que nada iria mudar em relação ao outro rapaz... e foi aí que começou uma longa viagem através de uma doce (ou direi agridoce) tentação...

Mensagens populares deste blogue

Personalidade Fraca ou Simplesmente Falta dela

Educação vs Formação

Pensamento Hipotético (1)