Make love to you

por vezes sinto saudades do teu cheiro
do teu toque
de sentir a tua pele contra a minha
de sentir a tua respiraçao no meu pescoço
tento esquecer mas é impossivel nao lembrar
a suavidade dos teus beijos quentes
os teus lábios tocavam nos meus e tudo o resto desaparecia
nao pensava em mais nada
em mais ninguém
eras tu quem ocupava a minha mente
eras tu que percorrias o meu corpo em arrepios de prazer
foste tu quem me mostrou o verdadeiro sentido do amor
eu fui a primeira e tu foste o primeiro
o primeiro a quem me entreguei com toda a minha essência
toda a minha dedicaçao
adorava ficar com o teu cheiro na minha pele
no meu quarto
nos meus lençois
lembrar-me do teu sorriso safado enquanto olhavas para mim com ternura
deixa-me doida
quem me dera voltar atrás no tempo e talvez fizesse as coisas de outra maneira
ainda hoje o teu cheiro me derruba os sentidos
os teus lábios fazem-me querê-los
os teus beijos sabem-me a pouco, mas esse pouco sabe tão bem
faço qualquer coisa para tentar matar a saudade, embora seja a saudade que me mata
que me deixa sem saber o que pensar, o que fazer
ainda hoje por vezes me sinto tola perto de ti
como uma miuda de 12 anos acabada de encontrar o seu primeiro grande amor
impossivel ser mais sincera que isto, mais honesta, mais verdadeira
tudo o que fiz foi por paixao, amor, amizade
um cocktail de sentimentos mais forte que qualquer absinto
se tudo isto vai voltar a acontecer, eu nao sei
mas continuo a ansiar pelo dia em k volte a sentir o teu corpo no meu
nem que seja pela última vez

Mensagens populares deste blogue

Personalidade Fraca ou Simplesmente Falta dela

Educação vs Formação

Pensamento Hipotético (1)