PS: I Love you???

Querido...

"'Sim imagino'? Não, não imaginas porque nem sequer acreditas em mim! Isso é triste, porque estava apenas a falar de amizade quando disse que tinha saudades tuas; sinto falta de te ver, julgo que é perfeitamente normal.
Tenho uma visão demasiado abstracta de ti? (sim, tenho memória de elefante)Se calhar tu também tens de mim e pensas que não!... Não sou nenhuma pita deslumbradaque acha que encontrou o amor da vida na net e... "uau que lindo"... Eu não te amo, nem sou louca para dizer uma coisa dessas, apenas gosto muito de ti, quanto muito posso dizer que estou apaixonada, visto que neste momento és o único por quem sinto uma atracção... that's it!
Confesso que às vezes me sinto um pouco egoísta (não gosto da sensação porque não o sou), porque só falamos de mim, outras vezes sinto que não tenho alternativa, pois quando te faço perguntas muito raramente me respondes; sim, estás no teu direito, eu respeito (aliás, respeito-te imenso, nem sei se mereces) mas se assim é, como é que tens a lata de me dizer que eu tenho uma visão abstracta de ti, se a culpa é tua??
Já me esqueci de metade das palavras que tinha na cabeça... enfim...
Para além de pita deslumbrada, sou mais o quê? Uma doidivanas, que vai com o primeiro que aparece? Não, não sou! Já fui, admito, embora não propriamente com o primeiro que aparecia; não é algo que ande a gritar aos sete ventos com orgulho, mas também não me arrependo de nada. Não tenciono voltar a sê-lo, não ia conseguir.
Queres que passe à parte dos elogios?
Bom... gosto de ti porque, quer queiras, quer não, fizeste-me bem; porque gosto de falar contigo (embora gostasse mais quando as conversas eram enormes e cheias de assunto, agora até tenho medo de fazer comentários pois quando o faço soltas um "e então?"...ah isto era a parte dos elogios...desculpa...lol); porque és bonito (por fora e por dentro, embora às vezes me irrites plenamente, mas acho que isso me excita [em qualquer dos sentidos]); porque és bem-educado (pelo menos na maior parte das vezes); porque somos diferentes, mas não completamente opostos!
Confesso que não me importava de voltar a ver-te para, no mínimo, te abraçar (nem sequer sou exigente, vês). Ah já me estava a esquecer... adoro a tua voz, já te estou para dizer isto desde a primeira vez que falámos ao telefone. Não sei como a descrever, mas é fofa, suave...
Bem chama-lhe o que quiseres, eu não lhe chamo nada, prefiro apenas dizer que gosto de ti. Não sou de desistir, nada é impossível, só se acreditares que é! O que tenho para te dar? Isso nunca irá saber se não me deixares tentar, pelo menos, ser tua amiga.
Queres mais um elogio, queres, queres?
És um betinho extremamente fácil de suportar (tendo em conta que nunca curti betótós, yoh my man!)"

beijos**

Mensagens populares deste blogue

Personalidade Fraca ou Simplesmente Falta dela

Educação vs Formação

Pensamento Hipotético (1)