Traços

Como eu gosto de te olhar
Perder-me nos traços da tua face
Perder-me em cada pedaço teu
Desde a maçã de Adão até ao queixo
Desde o queixo até aos lábios
Desde os lábios até ao nariz
Subindo até essas sobrancelhas perfeitas
Oh como eu gostava de ver os teus olhos outra vez
Adoro esse cabelo, de aspecto forte mas suave
A tua pele, tão lisa e bronzeada apetece tocar
Sentir-te, sentir a tua cara tocar na minha
Deixar a minha mão percorrer-te desde o pescoço até à nuca
Afagar o teu cabelo
Tocando nas tuas orelhas com os meus lábios
E segredar-te ao ouvido
O quanto gosto de ti
O quanto sinto saudades
Por mais que não acredites
Eu sei que não acreditas
E por isso só me resta olhar a tua foto
Quase todos os dias, até parece loucura
Não sei se me reconforta ou se me traz ainda mais vontade de te encontrar
Às vezes desejo que tudo o que disseste fosse o que realmente sentias
Mas sei que não passaram de meras palavras
Portanto aqui estou eu
A tentar queimar o tempo,
Na esperança de te voltar a ver um dia,
Admirando a foto, percorrendo com o olhar todo o pequeno pormenor do teu rosto
Tentando decorar os teus traços

Mensagens populares deste blogue

Personalidade Fraca ou Simplesmente Falta dela

Educação vs Formação

Pensamento Hipotético (1)